Meu filho usa chupeta, e agora?

Em primeiro lugar, eu não sou estritamente anti-chupeta. Se seu filho usa chupeta, você não precisa ficar preocupado. Vamos conversar um pouco mais agora sobre os prós e contras dela.


Que mãe poderia ser contra a chupeta? Todos nós fomos salvas de uma grande crise do bebê pela introdução rápida de uma chupeta na boca dele no momento certo. Talvez ele tenha perdido a janela de dormir algumas vezes e esteja um pouco irritado, talvez tenha batido a cabeça de repente, ou pouco antes dele começar a fazer birra, entra a chupeta, e como mágica, está tudo bem.


As chupetas também têm benefícios além da prevenção dos acessos de raiva. A AAP (American Academy of Pediatrics) constatou que a chupeta pode reduzir o risco de SMSL (Síndrome de Morte Súbita do Lactante), possivelmente devido ao fato do bebê ter mais dificuldade para enterrar o rosto em uma cama macia se tiver uma chupeta na boca. Dada essa consideração muito importante, estou fazendo as seguintes recomendações com base na suposição de que seu bebê tem mais de um ano de idade. Isso não significa que seja irrelevante se seu filho for mais jovem, mas certifique-se de analisar cuidadosamente os prós e os contras de tirar a chupeta.


Aqui está o enigma do ponto de vista de uma consultora de sono infantil. As chupetas podem se tornar um problema quando se trata de dormir. Se o bebê está acostumado a adormecer com uma chupeta, quase sempre acaba acordando durante a noite após a chupeta cair da boca e começa a chorar até que a mãe se levanta, encontra a chupeta e a coloca de volta na boca do bebê.

Primeiro, vamos ver por que o bebê não pode simplesmente adormecer com uma chupeta e depois dormir pacificamente a noite toda. Em seguida, veremos algumas estratégias para se livrar da chupeta se você e o bebê estiverem prontos para dar esse passo importante.


O sono, para bebês e adultos, ocorre em ciclos. Muitos de nós acreditamos que adormecemos no início da noite, caímos em um sono mais profundo à medida que a noite avança e, gradualmente, saímos dele à medida que a manhã chega.


É verdade que vamos de um sono leve para um sono profundo e depois voltamos para o sono leve, mas isso acontece várias vezes por noite, dependendo de quanto tempo você dorme. Para adultos, um ciclo completo normalmente leva entre 90 e 120 minutos. Para um bebê, um ciclo dura aproximadamente 45 minutos.


Se o seu bebê não dorme sem uma chupeta na boca, então há uma possibilidade de que ele dependa dessa chupeta para dormir. Quando chegam ao final de um ciclo de sono, eles entram naquele estágio muito leve e podem acordar. Nesse ponto, eles ainda estão cansados, mas podem ter problemas para voltar a dormir porque "Ei! Onde está a chupeta? Eu não consigo dormir sem minha chupeta! ”


E se eles não conseguirem encontrar, ou ainda não descobriram como colocá-la na boca por conta própria, eles vão ficar chateados porque não podem voltar a dormir, e vão começar a chorar para alguém vir ajudá-los.


Essa é a definição que nós, da área de consultoria de sono infantil, chamamos de "suporte externo do sono". Às vezes esse suporte é o peito, a mamadeira, o balanço, às vezes é uma combinação de um monte de coisas, mas essencialmente é algo externo que o bebê depende para dormir.


Mais do que tudo, esse é o segredo para dormir a noite toda. Ensinar seu filho a dormir sem esses suportes externos é, sem dúvida, o componente mais importante para fazer seu filho dormir em paz desde o momento em que você o coloca no berço até ele acordar, feliz e revigorado, na manhã seguinte.


Se você está lendo isso e pensando: “É isso! Isso é exatamente o que está acontecendo com meu bebê! " então provavelmente você vai querer tomar algumas medidas para se livrar da chupeta, e eu tenho algumas dicas para ajudá-lo a passar pelo processo o mais rápido possível.


Quando se trata de quebrar maus hábitos, sou uma defensora de “cortar o mal pela raiz”, e esta situação não é diferente. Crianças se dão melhor com verdades absolutas do que com moderação, então meu conselho para os pais é quase sempre escolher um dia para fazer a mudança, explicar para o seu filho e jogar todas as chupetas no lixo.


Crianças pequenas muitas vezes podem se ajustar a novas situações com incrível facilidade, desde que as coisas sejam claras e consistentes, então não guarde uma chupeta para situações de emergência, porque será muito fácil para você recorrer à chupeta para obter uma solução rápida se o seu bebê está tendo problemas para dormir, e isso apenas causará confusão na cabeça dele.


Vamos lá. Você tomou a decisão, explicou a situação para seu filho, você se preparou mentalmente e está tudo pronto. Qual é o próximo passo?


Agora é a hora de exercitar os músculos criativos e bolar um plano. Como você vai conduzir essa mudança de forma positiva? Normalmente, as crianças gostam da ideia de se tornarem “crianças grandes”, portanto, use essa situação como um “marco de desenvolvimento”. Certifique-se de apresentar a mudança para seu filho como uma ocasião muito importante e positiva.


Se você preferir, você pode apresentar a "fada da chupeta", dizendo ao seu filho que a fada da chupeta está vindo para coletar todas as chupetas dele e, em troca, deixará uma surpresa especial. Se isso é algo que combina com o estilo de vocês, eu deixo ao seu critério.


Uma observação rápida aqui: eu vi muitas situações em que pais com uma criança e um recém-nascido ou irmão mais novo dão as chupetas do mais velho para o mais novo. Aparentemente, parece uma boa ideia,

mas pode gerar algum ressentimento em seu filho quando ele ver seu irmão mais novo usando a chupeta que era dele. Se puder, livre-se das chupetas do seu filho mais velho e compre outras para o bebê mais novo.


Ok, o terreno está pronto, seu filho entendeu o que está acontecendo e a casa está livre de chupeta. Agora você precisa se preparar, porque em cerca de 99% dos casos, seu filho vai ficar um pouco irritado enquanto se ajusta à nova realidade. Não há nada para se preocupar, todos nós ficamos um pouco irritados quando estamos quebrando um hábito. Só quero que você saiba que haverá alguma resistência.


Quando isso acontecer e seu filho começar a perder o controle, meu conselho é distrair, distrair, distrair. Mantenha algumas de suas guloseimas favoritas à espera, tenha os desenhos da TV à mão e, quando ele começar a se preocupar com a falta da chupeta, rapidamente volte a atenção dele para outra coisa.


Você pode reconhecer a frustração dele, oferecer-lhe todo o conforto e apoio que precisar, mas não se desculpe nem ceda aos pedidos dele. Lembre-se de que você é a figura de autoridade aqui e se decidiu que a chupeta é coisa do passado, assim será. Dar-lhe uma chupeta nesta fase só vai reforçar a ideia de que chorar ou ficar irritado é uma ferramenta eficaz para conseguir o que quer, e da próxima vez ele chorará mais.


Cada criança é obviamente um indivíduo único, então use essas diretrizes em conjunto com sua intuição, e dentro de algumas noites, talvez uma semana, seu filho estará livre do hábito da chupeta, e toda a sua família aproveitará dos benefícios das noites de sono profundo e tranquilo.


Carla Picolli

carla@nightnight.co.nz


#nightnightsleepconsulting #sonoinfantil #criançadescansadafamíliafeliz #consultoriadosono #sonoinfantil #sonodobebê #sonotranquilo #chupeta

© 2020 by Night Night Sleep Consulting.