O sono é tão importante quanto a alimentação?

Tenho certeza que você pode adivinhar qual é a minha resposta para essa pergunta, já que sou uma consultora de sono infantil. Costumo dar alta prioridade ao sono e sou, por vários motivos, apaixonada pelos benefícios do sono na vida dos bebês (e da família).

Mas há evidências para apoiar minha opinião?

Acredito firmemente que alimentar nossos filhos com uma dieta saudável, balanceada e variada é essencial para seu bem-estar e desenvolvimento. Posso até dizer que é o fator mais importante quando se trata da saúde deles.

Mas o sono é, se não tão importante, o segundo fator mais importante.

A obesidade infantil é um grande problema de saúde pública, e crianças obesas se transformam em adultos obesos. Tenho certeza de que você já conhece a miríade de problemas de saúde que acompanham a obesidade. Eles incluem diabetes, doenças cardíacas, todos os tipos de câncer, inflamação das articulações, dentre outros.

Mas o que o sono tem a ver com a obesidade?

Um estudo de 2008 do National Institute of Health analisou o número médio de horas diárias de sono que crianças entre 6 meses e dois anos de idade tinham e comparou esses resultados com a ocorrência de obesidade. As crianças que dormiam em média menos de 12 horas por dia tinham duas vezes mais chances de serem obesas do que aquelas que dormiam 12 ou mais. Um estudo muito maior feito no Reino Unido mostrou resultados semelhantes.

Com todos os problemas de saúde, bem como as preocupações gerais com a qualidade de vida que acompanham a obesidade, parece-me que o sono deveria ser uma das principais preocupações dos pais.

No entanto, todos os dias ouço pessoas aconselharem os novos pais com, o que tenho certeza de que é, uma retórica tranquilizadora, mas devo admitir, dadas as evidências, que isso pode ter efeitos negativos na vida do bebê e da família. Aqui estão alguns exemplos:

“Os bebês dormem quando querem dormir. Não force. ”

“Não dormir é totalmente normal para um bebê.”

“Basta seguir o exemplo do seu bebê. Eles sabem de quanto sono precisam. ”

Você pode imaginar esse mesmo tipo de conversa se fosse sobre a alimentação do bebê?

“Os bebês sabem o que é saudável para comer. Basta seguir o exemplo deles. ”

“Comer chocolate é totalmente normal para bebês.”

“As crianças vão comer quando estiverem prontas. Você não deve programar as refeições. ”

Isso faz algum sentido para você?

Como pais, todos nós obviamente queremos que nossos filhos tenham uma vida saudável e ativa. Queremos dar a eles todas as oportunidades para que tenham um bom começo. Garantir que eles durmam o suficiente e ensinar-lhes habilidades saudáveis para dormir, será um grande passo para promover sua saúde geral no futuro.

Carla Picolli

carla@nightnight.co.nz


#nightnightsleepconsulting #sonoinfantil #criançadescansadafamíliafeliz #consultorasonobebê #sono+alimentação

© 2020 by Night Night Sleep Consulting.